Experiência bem sucedida de Alta Floresta é destaque em...

A execução bem sucedida do Programa Olhos D’Água da Amazônia desenvolvido pela Prefeitura de Alta Floresta foi um dos destaques do seminário promovido pelo...

UFMT busca parceria com município para desenvolver...

Pesquisadores do Campus da UFMT de Sinop estiveram em Alta Floresta no último fim de semana buscando informações para desenvolver um projeto sobre meliponíneos, ou abelhas...

Produtores de 08 municípios visitam Meliponário de Alta...

Criado há mais de quatro anos pelo Projeto Olhos D’Água da Amazônia, com o propósito de implementar a cadeia produtiva do mel no município, o...

     
 

Você está em: HOME • NOTÍCIAS • EM COLETIVA, PREFEITO FALA SOBRE SUA VIAGEM à ALEMANHA...


Em coletiva, prefeito fala sobre sua viagem à Alemanha


Fonte: Assessoria PMAF
Autor: Carlos Alberto de Lima
Publicado em 25/01/2017 as 20h30

O prefeito Asiel Bezerra reuniu a imprensa na manhã dessa terça-feira, 24, para falar sobre sua viagem a Alemanha onde suportou temperatura de 11 graus negativos e, acompanhado do diretor técnico do projeto Olhos D’água da Amazônia José Alesandro Rodrigues e do superintendente de Indústria e Comércio Sergio Passos que também integraram a missão, durante aproximadamente seis dias, pode colher algumas benesses que certamente serão utilizadas em prol ao desenvolvimento de Alta Floresta e região.

“Foi uma viagem bastante produtiva que trará grandes resultados”, iniciou o chefe do executivo alta florestense, enaltecendo a receptividade recebida tanto por autoridades públicas quanto nas visitações a empresas.

A missão na Alemanha envolveu cidades como Eschweiler, Mohnheim, Nuremberg e Koln, todas com objetivos de trocar e discutir projetos de desenvolvimento sustentável e inováveis. Em Eschweiler, cidade cuja população assemelha-se à Alta Floresta em número de habitantes, nossos representantes obtiveram do prefeito daquele município o interesse em retribuir a visita e firmar parcerias de interesses comuns.

Em Koln (Colônia numa tradução para o português), cidade de 1 milhão de habitantes, nossos representantes lograram a constatação que ali o desenvolvimento com sustentabilidade é real. Pra se ter uma ideia, apesar de não contarem com aterro sanitário e sim usina de lixo, “2/3 da energia da cidade de Colônia vem do lixo”, frisou o prefeito Asiel Bezerra, acrescentando que também ali, a possibilidade de um intercâmbio com o dono dessa empresa que, caso dê certo um de seus projetos, visitará nosso município e poderá nos auxiliar a custo zero, bancado pelo governo alemão.

Em Nuremberg, cidade que é um centro tecnológico, mantiveram contato com um representante do governo alemão para intercâmbio na América Latina “que nos abriu as portas para a promoção desse intercâmbio com alunos de qualquer uma das faculdades de Alta Floresta.”

O último dia reservou-se ao principal objetivo da viagem, uma visita a Bayer, empresa do segmento farmacêutico que adquiriu a Monsanto, líder mundial dos herbicidas e engenharia genética de sementes onde vislumbrou a possibilidade de, num contato com a diretoria no Brasil,  a possibilidade de uma visita a Alta Floresta e que aqui se instale uma planta dessa renomada empresa.

“Esse foi o resultado que não esperávamos obter numa visita de apenas cinco dias. E pra quem não tinha nada, já temos aos menos essas promessas”, comemora o prefeito.

O prefeito Asiel Bezerra reuniu a imprensa na manhã dessa terça-feira, 24, para falar sobre sua viagem a Alemanha onde suportou temperatura de 11 graus negativos e, acompanhado do diretor técnico do projeto Olhos D’água da Amazônia José Alesandro Rodrigues e do superintendente de Indústria e Comércio Sergio Passos que também integraram a missão, durante aproximadamente seis dias, pode colher algumas benesses que certamente serão utilizadas em prol ao desenvolvimento de Alta Floresta e região.

“Foi uma viagem bastante produtiva que trará grandes resultados”, iniciou o chefe do executivo alta florestense, enaltecendo a receptividade recebida tanto por autoridades públicas quanto nas visitações a empresas.

A missão na Alemanha envolveu cidades como Eschweiler, Mohnheim, Nuremberg e Koln, todas com objetivos de trocar e discutir projetos de desenvolvimento sustentável e inováveis. Em Eschweiler, cidade cuja população assemelha-se à Alta Floresta em número de habitantes, nossos representantes obtiveram do prefeito daquele município o interesse em retribuir a visita e firmar parcerias de interesses comuns.

Em Koln (Colônia numa tradução para o português), cidade de 1 milhão de habitantes, nossos representantes lograram a constatação que ali o desenvolvimento com sustentabilidade é real. Pra se ter uma ideia, apesar de não contarem com aterro sanitário e sim usina de lixo, “2/3 da energia da cidade de Colônia vem do lixo”, frisou o prefeito Asiel Bezerra, acrescentando que também ali, a possibilidade de um intercâmbio com o dono dessa empresa que, caso dê certo um de seus projetos, visitará nosso município e poderá nos auxiliar a custo zero, bancado pelo governo alemão.

Em Nuremberg, cidade que é um centro tecnológico, mantiveram contato com um representante do governo alemão para intercâmbio na América Latina “que nos abriu as portas para a promoção desse intercâmbio com alunos de qualquer uma das faculdades de Alta Floresta.”

O último dia reservou-se ao principal objetivo da viagem, uma visita a Bayer, empresa do segmento farmacêutico que adquiriu a Monsanto, líder mundial dos herbicidas e engenharia genética de sementes onde vislumbrou a possibilidade de, num contato com a diretoria no Brasil,  a possibilidade de uma visita a Alta Floresta e que aqui se instale uma planta dessa renomada empresa.

“Esse foi o resultado que não esperávamos obter numa visita de apenas cinco dias. E pra quem não tinha nada, já temos aos menos essas promessas”, comemora o prefeito.



 
 

 
Prefeitura Municipal de Alta Floresta

Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Canteiro Central, s/n - Centro
78.580-000 - Alta Floresta - Mato Grosso
+55 (66) 3512-3125
www.podam.com.br | comunicacao@podam.com.br

 
 

Reprodução do conteúdo deste site é autorizada desde que citada a fonte "Projeto Olhos D'água da Amazônia"

© PODAM 2018 - Desenvolvido por Virthuan Soluções Web em parceria com Quintino Gestão de Projetos.