Experiência bem sucedida de Alta Floresta é destaque em...

A execução bem sucedida do Programa Olhos D’Água da Amazônia desenvolvido pela Prefeitura de Alta Floresta foi um dos destaques do seminário promovido pelo...

UFMT busca parceria com município para desenvolver...

Pesquisadores do Campus da UFMT de Sinop estiveram em Alta Floresta no último fim de semana buscando informações para desenvolver um projeto sobre meliponíneos, ou abelhas...

Produtores de 08 municípios visitam Meliponário de Alta...

Criado há mais de quatro anos pelo Projeto Olhos D’Água da Amazônia, com o propósito de implementar a cadeia produtiva do mel no município, o...

     
 

Você está em: HOME • NOTÍCIAS • PRODAM FAZ IDENTIFICAçãO VISUAL DAS UNIDADES DEMONSTRATIVAS E BENEFICIáRIOS DO PSA...


PRODAM faz identificação visual das Unidades Demonstrativas e beneficiários do PSA


Fonte: Assessoria
Autor: Giselle Oliveira
Publicado em 13/06/2016 as 21h35

Uma das ações prevista na prorrogação do projeto Olhos D’ Água da Amazônia, para o período (abril-maio) nas metas de Comunicação Socioambiental, Pagamento por Serviços Ambientais, e nas Unidades Demonstrativas (que tem as ações de Recuperação das Áreas de Preservação Permanentes Degradadas (APPDs) e as Boas Práticas Agropecuárias) é a identificação visual. Na última semana os técnicos do PRODAM começaram a fazer a substituição das existentes e a fixação das novas placas.

 

No caso das Unidades Demonstrativas (UDs) grande parte das placas já estava desgastada – ainda eram da fase I - e foram substituídas, o material utilizado era lona e agora são de chapa galvanizada com adesivo, que proporcionaram uma maior durabilidade no material, é um padrão para os materiais do projeto Olhos D’ Água da Amazônia, assim como no Meliponário Municipal onde já foram substituídas as placas por este mesmo material, explica a técnica responsável pela meta de Comunicação Socioambiental, jornalista Giselle Oliveira.

 

Já no caso da ação de Pagamento por Serviços Ambientais, foram fixadas placas nas propriedades dos “guardiões” da água de propriedades e comunidades pertencentes à microbacia Mariana I e II. 

 

Segundo o coordenador executivo do PRODAM José Alesando Rodrigues, essa ação de identificar através de placas os Guardiões de Águas na bacia Mariana. Gera valorização dos produtores que participam do pagamento por serviços ambientais e qualidade na água que a população de Alta Floresta bebe. Isso é educação ambiental, saúde e valoração da água para a manutenção da vida, bem como a substituição das placas das Unidades Demonstrativas, assim, os demais produtores podem saber quem são e onde estão essas Unidades Demonstrativas.

Fotos: Cleverson Rodrigues/PRODAM 



 
 

 
Prefeitura Municipal de Alta Floresta

Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Canteiro Central, s/n - Centro
78.580-000 - Alta Floresta - Mato Grosso
+55 (66) 3512-3125
www.podam.com.br | [email protected]

 
 

Reprodução do conteúdo deste site é autorizada desde que citada a fonte "Projeto Olhos D'água da Amazônia"

© PODAM 2018 - Desenvolvido por Virthuan Tecnologia em parceria com Quintino Gestão de Projetos.